Dois anos depois, Criciúma pode voltar a emendar sete jogos invicto

Tigre enfrenta o Inter, no próximo sábado

Por Eduardo Madeira 05/07/2017 - 20:40 hs
Dois anos depois, Criciúma pode voltar a emendar sete jogos invicto
Foto: Caio Marcelo | Criciúma E.C.

Se não perder para o Internacional no próximo sábado, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o Criciúma chegará ao sétimo jogo invicto na temporada. Até o momento, nas seis partidas anteriores, foram três vitórias e três empates. Se chegar ao sétimo compromisso sem perder, o Tigre baterá um tabu de dois anos.

 

A última vez que emendou sete partidas sem perder foi entre os dias 16 de junho e 18 de julho de 2015, quando somou quatro vitórias e três empates entre Série B do Brasileiro e Copa do Brasil. Na ocasião, foi o início da “era Dejan Petkovic” no Tigre, logo em seus primeiros sete jogos no time carvoeiro.

 

A série teve início em Lucas do Rio Verde (MT), em 16 de junho, na vitória por 1 a 0 sobre o Luverdense, pela Série B. Em seguida, o Tigre acumulou dois empates pelo mesmo torneio: 2 a 2 frente o América Mineiro e 0 a 0 contra o Paraná. No dia 7 de julho, o tricolor voltou a vencer ao fazer 1 a 0 no Bragantino. Três dias depois, veio o empate por 1 a 1 com o Ceará.

 

Em 14 de julho, veio o resultado mais expressivo da série invicta: triunfo por 1 a 0 sobre o Grêmio, na Arena, pela Copa do Brasil. O time gaúcho viria a ser o personagem da quebra da sequência sem derrotas duas partidas depois, ao vencer o Tigre também pelo marcador mínimo e tirar a equipe de Pet da competição nacional. Entre esses dois jogos, teve a vitória para cima do Bahia por 2 a 1.

 

Bom destacar que o Criciúma teve a chance de quebrar esse tabu já nesta temporada, ainda com Deivid como treinador. Na reta final do Campeonato Catarinense, o Tigre somou seis jogos de invencibilidade, incluindo vitórias sobre o Inter de Lages, Almirante Barroso, Atlético Tubarão e Chapecoense e empates com Metropolitano e Figueirense (aquele mesmo do bisonho gol anulado de Jheimy). A série foi quebrada no primeiro jogo na Série B, na derrota por 2 a 1 diante do Santa Cruz.

 

Outros tabus

 

Além dessa sina de não conseguir emendar sete jogos sem perder desde 2015, o Criciúma enfrenta um incômodo tabu diante do Internacional. Primeiro é bom frisar que o Tigre nunca venceu os colorados como visitante. Em dez jogos, arrancou dois empates e perdeu oito partidas – nas últimas quatro, sequer marcou gols.

 

A última vez que o Criciúma derrotou o Inter foi há mais de uma década: Série A de 2004, 2 a 1, de virada no Heriberto Hülse, com gols de Vagner Carioca e Douglas. Desde então, seis jogos com quatro triunfos colorados e dois empates.

 

Sábado será a prova dos noves para vermos quais tabus serão mantidos ou quebrados.