"Outlander – A Viajante do Tempo" de Diana Gabaldon

Por Istefani Marcos 08/08/2017 - 23:28 hs

Claire Randall se reencontra com o marido, Frank Randall, após servir como enfermeira de combate durante a Segunda Guerra Mundial. O ano é 1945 e o casal decide viajar para a Escócia e comemorar o fato de finalmente estarem juntos depois de tanto tempo separados.

 

Ao chegar à Escócia, Frank conversa com os moradores locais para saber mais sobre seus antepasados, em especial Jonathan Raldall, que era capitão do exército inglês no século 18. Claire, entretanto, está mais interessada nas lendas locais, principalmente em Craigh Na Dun, um círculo de pedras misterioso.

 

Enquanto explorava este círculo de pedras ela é transportada de volta no tempo e vai parar em 1743.  Claire não tem idéia de como isto aconteceu ou o motivo, mas está determinada a descobrir e, de alguma forma, voltar para 1945.  Até conhecer Jamie Fraser, um escocês teimoso e extremamente carismático que ganha amizade e, posteriormente, seu coração.

 

Outlander – A Viajante do Tempo tem tudo o que um bom livro deve ter: personagens incríveis, enredo envolvente e uma dose de romance. São 800 páginas que misturam ficção e realidade e prendem o leitor do início ao fim.

Diana Gabaldon faz um trabalho espetacular com o imaginário do leitor ao escrever sobre os escoceses. A autora pesquisou sobre a cultura, os costumes e a história política e social da Escócia. Das montanhas aos campos, dos vilarejos aos castelos, o leitor consegue ter uma imagem clara de tudo.

O livro foi adaptado a ganhou uma série de tv homônima (disponível no catálogo da Netflix), estrelada por Sam Heughan e Caitriona Balfe. No Brasil, foi lançado pela editora Arqueiro.