Divisor de águas

Sequência em casa vai delinear qual caminho o Criciúma vai seguir

Por Eduardo Madeira 05/09/2017 - 22:32 hs
Divisor de águas
Foto: Fernando Ribeiro/Criciúma E.C.

Depois de quase 20 dias sem jogos, enfim a Série B está voltando. Para o Criciúma, o retorno do torneio significa o momento da verdade, de definir o que realmente quer na competição.

 

No meio da tabela, em 10º lugar, com 31 pontos, o Tigre não tem sido claro com os anseios que tem na temporada. Enquanto os jogadores falam em buscar os pontos para se aproximar do G4, o técnico Luiz Carlos Winck, cautelosamente, mantém os pés no chão e tem sido raro vê-lo dar declarações mais entusiasmadas. Suas entrevistas dão a impressão de que quer primeiro evitar a queda e depois trabalhar rumo ao acesso.

 

Talvez por isso que os próximos dois jogos pela Série B sejam de demasiada importância. Vencendo Luverdense e Juventude no Heriberto Hülse, o Tigre chega a 37 pontos e o temido rebaixamento fica perto de ser descartado. Em 2016, por exemplo, o Oeste escapou com 41; no ano anterior, o mesmo Oeste se livrou com 44 pontos, pontuação essa que livraria o rebaixamento também em 2015.

 

Ou seja, chegando aos 37, bastariam poucos pontos para livrar a queda matemática. Fazendo isso, o foco passaria a ser, única e exclusivamente, a luta por uma das quatro vagas na primeira divisão.

 

Não dá para dizer que a chance de isso acontecer é pequena. Tanto Luverdense, quanto Juventude possuem campanhas bem ruins como visitantes. Os mato-grossenses, aliás, tem o segundo pior desempenho jogando fora de casa, tendo somado apenas sete pontos – e vencido um jogo.

 

O Juventude não fica muito para trás. Apesar da 6ª colocação, com 34 pontos, apenas nove foram conquistados longe de Caxias do Sul. Ao todo, uma vitória, seis empates e quatro derrotas.

 

São duas partidas bastante acessíveis e que podem mudar o patamar do Criciúma na Série B. No cenário atual, as duas vitórias são extremamente fundamentais para as ambições do Tigre em 2017. Serão jogos divisores de água e qualquer coisa diferente de seis pontos pode significar um ano resumido a permanência entre os 16 melhores da competição.