Insatisfeito com atuação, Winck mexe em quatro posições

Apesar da vitória para cima do Luverdense, por 2 a 1, treinador não gostou da exibição do Criciúma

Por Rafaela Custódio 11/09/2017 - 19:18 hs

Insatisfeito com atuação, Winck mexe em quatro posições
Foto: Fernando Ribeiro/Criciúma E.C.

A atuação na vitória por 2 a 1 sobre o Luverdense, no último sábado (9), não deixou o técnico do Criciúma, Luiz Carlos Winck satisfeito e ele promoverá quatro alterações na formação inicial para a partida de terça-feira (12), diante do Juventude, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Nino, Ricardinho, João Henrique e Kalil deixam o time titular para as entradas de Márcio Goiano, Jocinei, Jeferson e Lucão – este voltando de suspensão.

“No jogo de sábado, o que valeu foram os três pontos. A equipe não jogou bem e pode sofrer mudanças para esse jogo. Posso mudar em todos os setores”, afirmou Winck, em entrevista coletiva realizada no estádio Heriberto Hülse, antes do treinamento realizado na tarde desta segunda-feira (11).

Na atividade do dia, Winck indicou o Criciúma com Luiz; Diogo Mateus, Edson Borges, Diego Giaretta e Márcio Goiano; Jonatan Lima; Jeferson, Douglas Moreira, Jocinei e Silvinho; Lucão.

Ainda não recuperado de problema muscular, o zagueiro Raphael Silva permanece como desfalque e sequer foi relacionado.

Dal Pozzo com desfalques no Ju

Já o adversário do Tigre, que já está em Santa Catarina, vem embalado após vitória em casa sobre o então líder Internacional, por 1 a 0, no sábado. Se vencer os comandados de Winck, o time de Caxias de Sul pode entrar no G4 da Série B.

Para este jogo, o técnico Gilmar Dal Pozzo, que teve breve passagem pelo Criciúma em 2014, terá o desfalque de Juninho, que levou o terceiro amarelo, e Ramon, que sentiu um desconforto muscular.

A provável escalação do Juventude tem: Matheus Cavichioli; Vidal, Domingues, Micael e Pará; Lucas e Fahel; Yago e Leilson; Wesley Natã e João Paulo.

 

A partida entre catarinenses e gaúchos está marcada para às 21h30, no estádio Heriberto Hülse, e terá arbitragem sergipana de Cláudio Francisco Lima e Silva. Três pontos e apenas uma posição separam os dois times: o Juventude é o 6º, com 37, e o Criciúma vem uma posição abaixo, com 34.