Eduardo Pinho Moreira assume Governo do Estado

Raimundo Colombo deixa o cargo para um período de licença

Por Redação 17/02/2018 - 08:11 hs

Eduardo Pinho Moreira assume Governo do Estado
Foto: Julio Cavalheiro / Secom

Mais de 3 mil pessoas participaram da cerimônia de transmissão de cargo do governador Raimundo Colombo para Eduardo Pinho Moreira, em ato nesta sexta-feira, 16, em Florianópolis. Em seu discurso, Moreira reforçou o compromisso e a responsabilidade do Governo de Santa Catarina com todas as regiões e afirmou que saúde e segurança serão prioridades.

Moreira ressaltou os bons indicadores de Santa Catarina e o status diferenciado do Estado, destacando também a responsabilidade para garantir uma gestão eficiente. "Nossos índices fazem frente aos de países desenvolvidos. Hoje somos o segundo Estado mais competitivo do Brasil, aquele com a maior expectativa de vida e com a menor taxa de mortalidade infantil, com o melhor ensino fundamental de todo o país, e com os menores índices de desemprego, desigualdade de renda e de pessoas vivendo abaixo da linha da pobreza", discursou.

Destacou, no entanto, os desafios que o Governo do Estado tem pela frente. "Vamos ter que fazer mais com menos. Uma gestão técnica e eficiente é fundamental neste momento, para que possamos reduzir os gastos correntes e garantir o bom atendimento nas áreas prioritárias, como saúde e segurança. Vamos diminuir o tamanho da máquina pública e trazer mais incentivos ao desenvolvimento, através de parcerias com a iniciativa privada e estímulos ao empreendedorismo".

As conquistas que evidenciam a força dos catarinenses também foram enaltecidas por Raimundo Colombo, que abriu seu discurso agradecendo à população catarinense e à equipe que liderou nestes mais de sete anos à frente do governo. 

"Tenho como uma das filosofias de vida, a ideia de que briga política não constrói pontes, escolas e hospitais. Ao longo da minha vida pública sempre procurei conciliar, construir, tentar unir as pessoas, o que nem sempre é fácil. E isso contribuiu para que neste período de tantas turbulências, os impactos fossem menores em Santa Catarina", afirmou. Colombo deixa o cargo para um período de licença.

Em 2017, Santa Catarina também foi reconhecido como o segundo Estado mais competitivo no país, de acordo com Ranking de Competitividade dos Estados. No resultado geral, o Estado melhorou a sua posição ano a ano. Em 2011, ocupava o sétimo lugar; em 2012 e em 2013, ficou em sexto; em 2014, alcançou a quinta posição; em 2015 e 2016, ficou em terceiro; e em 2017 subiu uma posição e ultrapassou o Paraná, garantido o segundo lugar geral, atrás apenas de São Paulo.