Voltando após cinco anos, Sueliton quer trazer experiência ao elenco do Criciúma

Lateral-direito de 31 anos retorna ao clube e foi apresentado oficialmente

Por Eduardo Madeira 01/03/2018 - 20:37 hs

Voltando após cinco anos, Sueliton quer trazer experiência ao elenco do Criciúma
Foto: Fernando Ribeiro/Criciúma E.C.

 

Quando chegou ao Criciúma em 2013, Sueliton tinha 26 anos e buscava afirmação na carreira, e ela veio com um título estadual e a permanência na Série A do Campeonato Brasileiro. O mundo girou, o lateral-direito rodou por clubes do país e os dois se reencontram em 2018 em situação diferente e o defensor, agora com 31 anos, chega para suprir as lacunas da posição.

Sueliton, porém, mantém os pés no chão. Mesmo tendo ciência da responsabilidade, avisou que mudou muito de 2013 para agora. “Não sou o mesmo. Tenho 31 anos, um pouco mais de experiência, e por isso Argel optou por me trazer, para trazer uma experiência a mais para a garotada, ajudar no dia a dia, jogar, ajudar dentro de campo e viemos entendendo que é um grupo jovem, que está sendo lapidado”, disse.

Durante a apresentação oficial, na tarde desta quinta-feira (1), o defensor reconheceu as diferenças da primeira passagem para a nova jornada, desde a divisão em que o clube estava para o investimento e projeto atual.

No momento, o Tigre ocupa a penúltima colocação do Campeonato Catarinense, com 9 pontos. Já regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, Sueliton poderá estrear no sábado (3), às 19h, contra o Concórdia, no Domingos Lima.

“Temos que pensar jogo a jogo. Primeiro Concórdia, depois a Chapecoense e assim sucessivamente. Diante do Concórdia, que possamos fazer grande partida, pontuar bem para ganhar moral e confiança, para ir pra Chapecó com outra mentalidade”, projetou.

Torcedor do Criciúma

Durante a apresentação, Sueliton declarou ainda todo o carinho que sente pelo Criciúma, clube pelo qual afirmou torcer, e pela cidade. Segundo o lateral, há quem diga que ele é “cidadão criciumense”, mesmo sendo pernambucano.

“0u fico muito feliz porque tenho carinho da torcida, da população, do Criciúma num todo. Sou torcedor do Criciúma, todo mundo sabe disso”, finalizou.