Criciúma empata com São Caetano e avança na Copa do Brasil

Na próxima fase o Tigre enfrentará o vencedor de Cianorte ou ABC

Por Rafaela Custódio 07/02/2018 - 21:22 hs

Criciúma empata com São Caetano e avança na Copa do Brasil
Foto: Adriano Stofaleti / Divulgação

O Criciúma empatou por 1 a 1 com o São Caetano na noite desta quarta-feira (7), no estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP). Os visitantes tinham a vantagem do empate devido a melhor colocação no Ranking Nacional de Clubes (RNC). Os gols da partida foram marcados por Maílson pelo tricolor e Rafael Costa para o Azulão.

Jogo

O Criciúma não deu chances ao São Caetano nos primeiros instantes do confronto. Com marcação forte e mantendo a ofensividade, os visitantes marcaram o gol logo aos 10 minutos. O atacante João Paulo, dentro da área, rolou a bola para Maílson, que não se assustou na frente do goleiro Helton Leite e empurrou para o fundo do gol.

Após o tento, os donos da casa buscaram uma reação, porém, pararam na defesa do Criciúma. Aos 16, o Tigre quase ampliou com João Paulo. O meio-campista Elvis entrou na área, mas demorou a fazer o passe, o que atrapalhou o atacante na finalização, que saiu pela linha de fundo.

O São Caetano tentou surpreender o Criciúma com um gol de meio-campo, aos 28. Régis recebeu e viu o goleiro Luiz adiantado, com isso, chutou, porém a bola passou longe da meta do arqueiro carvoeiro.

Os visitantes quase ampliaram o placar com Elvis, aos 39. O lateral-esquerdo Andrew fez boa jogada pelo lado de campo e tocou para o meia, que chutou e a bola passou próxima a trave do goleiro Helton Leite.

No lance seguinte, foi a vez do Azulão assustar o Tigre. Chiquinho recebeu e bateu no gol, mas a bola saiu pela linha de fundo.

No último lance da etapa inicial, o São Caetano teve a melhor oportunidade do primeiro tempo. O meio-campista Chiquinho cruzou na área e o volante Régis cabeceou a bola sozinho, mas o defensor não teve sorte e a bola saiu pela linha de fundo.

Segundo tempo

O Criciúma iniciou a etapa final de jogo assustando o São Caetano. Logo aos dois minutos, Elvis cobrou falta e o zagueiro Nino cabeceou e tentou tirar do goleiro Helton Leite, porém, a bola saiu pela linha de fundo.

O empate do São Caetano veio aos cinco minutos, com Rafael Costa. Em um lance duvidoso, o atacante recebeu em profundidade e tocou para o fundo do gol de Luiz. O auxiliar da partida parou no lance, porém, o árbitro Leandro Pedro Vuaden validou o gol.

Os visitantes não se abalaram com o gol sofrido e continuaram dominando a partida. Aos 12, o lateral-esquerdo Andrew cruzou na área, o atacante Maílson tentou finalizar, mas pegou mal na bola.

A primeira substituição do Criciúma foi aos 20 minutos. Deixou o gramado o atacante João Paulo e entrou Luiz Fernando.

O Azulão teve duas oportunidades de virar a partida. Aos 23, Chiquinho cruzou na área, mas o defensor Sandro afastou. No lance seguinte, novamente bola na área e o atacante Rafael Costa cabeceou, mas a bola foi para fora.

O comandante Grizzo mexeu na equipe pela segunda vez aos 31. Saiu do confronto Elvis e entrou Wallacer.

Os donos da casa quase ampliaram o placar com Niltinho. Aos 33, o atacante cobrou falta e a bola passou próximo do ângulo do goleiro Luiz.

Aos 39, o técnico Grizzo reforçou a defesa do Criciúma. Deixou o gramado o autor do gol do Tigre, Maílson e entrou o Ianson.

O São Caetano ainda buscou o segundo gol, mas a defesa do Criciúma afastou todas as chances dos donos da casa.

Na segunda fase da Copa do Brasil o Tigre enfrentará o vencedor de Cianorte ou ABC. A partida será disputada no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma. 

O próximo compromisso do Tigre é pelo Campeonato Catarinense. O Criciúma enfrenta o Inter de Lages, no sábado (10), às 17h, no estádio Tio Vida, pela 7ª rodada do estadual.